6 de fevereiro de 2004

Foi bom

Cliquei no link para o site da Folha de São Paulo, página carregou e bati o olho: "vestibular 2004: Confira a lista de aprovados na Unesp". Nossa, balançou aquela nostalgia... A gente falava que era o raio a época do vestibular, e blá blá blá. Mas umas das sensações de maior alívio e alegria é ver seu nome numa lista de aprovados numa universidade pública. O curso, geralmente, é metade daquilo que ele carrega no nome, tem muito pepino e abacaxi pra descascar pela frente, mas... você sobreviveu à peneira. Um ano mais tarde você descobre que o vestibular foi o começo dos problemas, dos males o menor. Quatro ou cinco anos mais tarde, você morre de vontade de poder voltar no tempo e ver seu nome numa lista de aprovados de novo. Seria o eterno retorno à vida universitária. Ou simplesmente fuga da realidade?

Um comentário:

eu... tiago elídio... disse...

meia-noite em paris! ou
2004 na universidade! (same here)

indo mais longe, era mais fácil brincar de casinha e trabalho qdo criança do q de fato ter uma casinha e um emprego de verdade e ser adulto!