26 de janeiro de 2007

Agora é que o bule ferve...

Como assim, quando acabo de falar em entusiasmo, passam-se vinte dias sem ligar o fogo? Esse blógue sofre do mal do aquecimento em microondas: esquenta tão rápido quanto esfria.

Mas o fato novo é: depois de um ano e três meses de labuta, alcancei minha primeira parcela de férias! Que doce som: o som do silêncio do alarme despertador do celular, o som das ondas nas pedras, o som do mp3 ritmando a caminhada no calçadão da praia. Som de férias.

O som dos dedos bailando no teclado, do folhear das páginas dos livros, da lapiseira grifando o papel. Som de dissertação.

As melodias se alternam. Não posso reclamar, foram escolhidas por mim.

Som na caixa, que o tempo passa. Tão rápido...

2 comentários:

Túlio disse...

ótimas ferias aí!

[dea] disse...

divirta-se bastante. e volte cheia de historinhas pra contar =]