22 de julho de 2008

Altas horas

Mais uma noite de agito. Basta um final de semana com algumas horas a mais de sono que o meu corpo resolve achar que já dormiu o suficiente para a vida toda. Aí na segunda-feira estou a ficar assim, ora pois, bem corujona até altas horas. Mas a alegria sempre dura tão pouco. Lá pela quarta-feira estarei, provavelmente, deslizando pelas tabelas.

Agora, já que os dedos querem saltitar nos teclados, alguém me diga: já sentiu bloqueio criativo misturado com uma baita vontade de criar projetos muito bacanas? O que fazer quando a mente não obedece, quando a musa não vem, quando a lâmpada não acende, quando os dedos não estalam, quando os olhos não brilham?

Acho que essa bagunça no meu ciclo do sono meleca tudo.

3 comentários:

Juliana Bragança disse...

nada melhor que uma boa noite de sono...
te desafiei no meu blog... hihihi

[dea] disse...

só as referências salvam. mas também é verdade que em casos muito grave, nem elas.

tati travisani disse...

é mari, vc está cansada!!!! é isso!! a criatividade aparece sempre nos momentos que nos sentimos mais leves e livres. as idéias até surgem nos momentos conturbados, mas nunca a colocamos em prática por falta de energia.
adoro como escreve, vou te colocar no blog!! saudades, escreve mais aqui!!!