12 de fevereiro de 2009

Mais uma daquelas



Pois é, mais uma daquelas semanas em que só sobra o pozinho da rabiola. Mais uma daquelas semanas em que o sono não vence o cansaço e que não sobra forças nem para redigir um post decente depois do expediente.

Ô minha gente, não precisa ser assim, né? Não é pedir demais querer ter energia para viver além da jornada de trabalho, ou é? Em parte a culpa é minha, em parte não. Mas, de qualquer forma, não me tiro da reta, pois sei que preciso ter mais disciplina para otimizar meu tempo. Inclusive para impor limites ao meu trabalho e a mim mesma.

Preciso ler de novo Domenico de Masi, preciso de ócio criativo, preciso trabalhar só as 8hs por dia (pelo menos na maior parte da semana!), preciso de uma dose de guaraná que chegue até o fundo da alma: energia para viver mais, sonhar mais, amar mais, caminhar mais, desenhar mais, ler mais, planejar mais, criar mais, conversar mais, orar mais, meditar mais...

O que fazer quando as mudanças esperadas não acontecem? Enfiamos o pé na porta ou esperamos com doçura que alguma janela resolva se abrir? Qual o limite entre precipitação e a passividade?

Bem que Deus poderia deixar comentários nos nossos posts de dúvidas existenciais...

4 comentários:

Juliana Bragança disse...

seria muito bom se Deus comentasse nos nossos blogs!
mas enquanto Ele não comenta nós esperamos nEle e o mais Ele fará!
bjos

Túlio disse...

Olha a sabedoria da Juliana aí.!

Cada um tem seu nível de tolerância. Eu descobri que a minha é bem grande....

[dea] disse...

eu sinceramente acredito cada vez mais que lugar de doçura não é no trabalho.

Nadiella Monteiro disse...

e eu também espero um comentário de Deus.
mas vou te dizer: Ele já comentou muito!