10 de outubro de 2006

O que quero ser quando crescer

Aposentada. Sem dúvida. Poder acordar nos dias úteis e desfrutar a preguiça de sair da cama. Passear a pé à tarde. Comprar pão na padaria, de chinelos, às cinco e meia da tarde. Ir às matinês dos cinemas. Poder ler até tarde da noite sem se preocupar com o horário programado no despertador. Fazer artesanato. Aprender uma quarta, quinta, sexta língua. Testar receitas culinárias. Jardinagem. Ócio criativo.

Idealização demais? Provavelmente. Disso são feitos os sonhos.

E por aqui fico. Amanhã acordo cedo e trabalho até... tarde.

2 comentários:

[dea] disse...

ai, ai... aposentada quando crescer, é uma boa resposta para as perguntas da infância.

Túlio disse...

sempre achei que vc combinava com as caminhadas de santos. é isso!