13 de outubro de 2006

Retorno às origens


Praça Vermelha -- Foto de A. Farrington

Em Moscou um antigo armazém do Exército Vermelho será transformado num complexo residencial chiquê. Uma afronta à memória comunista? Seria. Mas o fato só indica um retorno ao seu radical capitalista: o prédio, quando projetado em 1891, destinava-se à pacífica função de shopping center de luxo, mas os milicas russos ocuparam o lugar e ali ficaram até o ano passado.

Serão muitos metros quadrados de peso histórico, suítes revolucionárias e enquadramentos de cartão-postal em cada janela. O preço deve passar longe dos ideais socialistas. Só para as elites detentoras do poder econômico.

É Marx, ainda não foi dessa vez...

Um comentário:

Gilberto disse...

Diria um sábio:"A natureza, o homem e sua sociedade são cíclicos"; já o meu pai no passado teria feito o seguinte comentário: "Evite fazer algo hoje, que no futuro possa causar arrependimento ou vergonha"(Jose Caetano)