26 de dezembro de 2007

Adeus ano velho... foi bom conhecê-lo!


Chamem-me de Pollyana, mas o fato é que, no final do calendário, constato que 2007 foi um ótimo ano. Apesar de um perrengue aqui e outro ali. Depois de vários "ufas" e "arres" e "affs" e "eitas", chego ao final. Graças a Deus. Como papai sempre diz: o ano termina e quanta gente terminou antes dele...

E agora, a sensacional wishlist para 2008. A intenção é fazer como o amigo e publicar, ao final do ano que vêm, a mesma lista e ver se tive a vergonha na cara de alcançar pelo menos 60% dos itens (vejam lá que não sou tão exigente assim com minhas metas). Não sei se haverá leitores em 2008 ou se continuaremos com este blógue até lá. Mas isso já pode ser um item da nossa quase incrível lista de resoluções para o ano vindouro. Então vamos lá:

- defender o mestrado (questão de honra);
- manter o Hora do Chá ativo (ou o menos sedentário possível);
- ler a Bíblia inteira (por uma compreensão mais holística do livro Sagrado. Sim, inclusive do livro de Deuteronômio);
- manter o peso (já é muito mais fácil do que perder!);
- ler mais (será que isso implicará em andar mais de ônibus ou tomar mais chás-de-cadeira em salas de espera?);
- fazer exercício físico (alongamento ou subir e descer do 12º pelas escadas);
- fazer mais arte (ilustração, pintura, poesia ou peraltices);
- ligar mais para os amigos (no mínimo, mais torpedinhos);
- passear mais (trabalhar menos?);
- assistir mais bons filmes (ou ter mais paciência para sossegar o facho por 2hs ininterruptas);
- tirar mais fotos (recordar mais);
- atrasar-me menos (adiantar os relógios da casa);
- lembrar-me dessas resoluções (imprimir este post e grudá-lo na geladeira).

2 comentários:

juliana (a pires bragança) disse...

oi mari!!!
eu ja li deuteronomio! mas nao lembro de nada q li, fazer o q ne?!?!?
fica com Deus
bju

[dea] disse...

esse ano resolvi simplificar minha lista: [mais]. é isso o que eu quero fazer.

podemos também fazer a wish list da criação:
mais prazos
mais sessões de cinema em casa
mais happy hours privativos

até que não ia ser nada mau...