9 de dezembro de 2007

Lembrancinha de Natal

Para: Leitores, um trechinho de uma entrevista de Gilles Lipovetsky.
De: Hora do Chá, com carinho.


"O problema é que na 'hipermodernidade' [ou pós-modernidade, como quiserem...] as pessoas vêem no consumo a razão de existir. À medida que o desejo por mercadorias cresce, a felicidade encolhe. E ser feliz significa relacionar-se com os outros e não com produtos. Embora sejam causa de sofrimentos e humilhações, somente os outros podem dar a felicidade genuína, ainda que passageira."

extraído do sumplemento Cultura, p. D6, Jornal O Estado de São Paulo, 09/12/2007.

2 comentários:

[dea] disse...

imagine só o que seria dos filósofos pós-modernos em um sábado à tarde na vinte e cinco de março. ploft!

Cláudia disse...

Como é bom ter amigos inteligentes!
Mari, Mari, que saudade!
Cláudia (do Jeziel, e agora do André também)